Um RPG com diversas sagas ocorridas em Earoon
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 A primeira guerra Luno - Morista

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Jogador_Mestre
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 147
Data de inscrição : 10/04/2013

Ficha do personagem
Nome do personagem: Não necessita
Nacionalidade: Nenhuma
Pontos de Vida:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: A primeira guerra Luno - Morista   Sab Jul 27, 2013 3:20 pm

A primeira guerra luno - morista foi um conflito armado e religioso que envolveu o estado imperial de Trônia e a República de Morlum.

Antes desse conflito armado começar, a Trônia e Morlum era um único país. Porém, existiam grandes atritos entre dois partidos políticos: o Mora - Moderno e o Luno - Unificador, liderados por Xeno e Tron, respectivamente.

Como a maior parte da população tinha influencias moralistas, o partido lunozista pediu para o maior rival, apenas, dividir o território em duas nações independentes. Porém, Xeno quis ser dono de todo o território por muito tempo e não aceitou a proposta do adversário.

Surpreendentemente, o partido de Tron organizou uma revolta que atacou o palácio central e prendeu o líder moralista obrigando - o a separar o "terreno".

Após isso, os lunozistas conseguem o que queriam: Criam - se dois estados novos e independentes (Morlum e Lunos). Contudo, Xeno surpreende seus adversários enviando mercenários que assassinaram o lider Luno - Unificador, sendo assim, o filho de Tron (Frances) assume o poder de líder do novo país.

A morte do antigo chefe de Lunos foi o estopim para a guerra. Os morlinos venceram o conflito fazendo um verdadeiro massacre. Entretanto, os derrotados fizeram uma estátua de Tron e modificaram o nome do estado para "Trônia" em resistência aos vitoriosos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://earoonsagaa.forumeiros.com
royleeleroy3000
Postador Novato
Postador Novato


Prêmios : Este usuário ainda não tem prêmio.
Mensagens : 6
Data de inscrição : 13/08/2013

Ficha do personagem
Nome do personagem: A definir
Nacionalidade: A definir
Pontos de Vida:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: A primeira guerra Luno - Morista   Ter Ago 27, 2013 8:10 am

Jogador_Mestre escreveu:
A primeira guerra luno - morista foi um conflito armado e religioso que envolveu o estado imperial de Trônia e a República de Morlum.

Antes desse conflito armado começar, a Trônia e Morlum era um único país. Porém, existiam grandes atritos entre dois partidos políticos: o Mora - Moderno e o Luno - Unificador, liderados por Xeno e Tron, respectivamente.

Como a maior parte da população tinha influencias moralistas, o partido lunozista pediu para o maior rival, apenas, dividir o território em duas nações independentes. Porém, Xeno quis ser dono de todo o território por muito tempo e não aceitou a proposta do adversário.

Surpreendentemente, o partido de Tron organizou uma revolta que atacou o palácio central e prendeu o líder moralista obrigando - o a separar o "terreno".

Após isso, os lunozistas conseguem o que queriam: Criam - se dois estados novos e independentes (Morlum e Lunos). Contudo, Xeno surpreende seus adversários enviando mercenários que assassinaram o lider Luno - Unificador, sendo assim, o filho de Tron (Frances) assume o poder de líder do novo país.

A morte do antigo chefe de Lunos foi o estopim para a guerra. Os morlinos venceram o conflito fazendo um verdadeiro massacre. Entretanto, os derrotados fizeram uma estátua de Tron e modificaram o nome do estado para "Trônia" em resistência aos vitoriosos.
Mestre, seria o homem um animal político ou um animal social? Isto é importante para tomarmos partido sobre a guerra de um modo geral, e sobre a guerra luno-morista em particular. A estética de Hegel, fala em independência individual (como característica moderna) porque existe a lei (Estado). Onde não existe lei é a independência do herói que lutando inaugura a ordem (político-jurídico-social). CReio que caracterizando socialmente as figuras em luta, mais do que um relato diplomático da guerra e suas batalhas, poderiamos interferir no mundo atual contribuindo para que haja paz como condição de preservação da diversidade da vida.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jogador_Mestre
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 147
Data de inscrição : 10/04/2013

Ficha do personagem
Nome do personagem: Não necessita
Nacionalidade: Nenhuma
Pontos de Vida:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: A primeira guerra Luno - Morista   Ter Ago 27, 2013 10:38 am

royleeleroy3000 escreveu:
Jogador_Mestre escreveu:
A primeira guerra luno - morista foi um conflito armado e religioso que envolveu o estado imperial de Trônia e a República de Morlum.

Antes desse conflito armado começar, a Trônia e Morlum era um único país. Porém, existiam grandes atritos entre dois partidos políticos: o Mora - Moderno e o Luno - Unificador, liderados por Xeno e Tron, respectivamente.

Como a maior parte da população tinha influencias moralistas, o partido lunozista pediu para o maior rival, apenas, dividir o território em duas nações independentes. Porém, Xeno quis ser dono de todo o território por muito tempo e não aceitou a proposta do adversário.

Surpreendentemente, o partido de Tron organizou uma revolta que atacou o palácio central e prendeu o líder moralista obrigando - o a separar o "terreno".

Após isso, os lunozistas conseguem o que queriam: Criam - se dois estados novos e independentes (Morlum e Lunos). Contudo, Xeno surpreende seus adversários enviando mercenários que assassinaram o lider Luno - Unificador, sendo assim, o filho de Tron (Frances) assume o poder de líder do novo país.

A morte do antigo chefe de Lunos foi o estopim para a guerra. Os morlinos venceram o conflito fazendo um verdadeiro massacre. Entretanto, os derrotados fizeram uma estátua de Tron e modificaram o nome do estado para "Trônia" em resistência aos vitoriosos.
Mestre, seria o homem um animal político ou um animal social? Isto é importante para tomarmos partido sobre a guerra de um modo geral, e sobre a guerra luno-morista em particular. A estética de Hegel, fala em independência individual (como característica moderna) porque existe a lei (Estado). Onde não existe lei é a independência do herói que lutando inaugura a ordem (político-jurídico-social). CReio que caracterizando socialmente as figuras em luta, mais do que um relato diplomático da guerra e suas batalhas, poderiamos interferir no mundo atual contribuindo para que haja paz como condição de preservação da diversidade da vida.
Para responder a sua pergunta, neste caso seria social e político divididos ao meio. Podemos perceber que o povo se preocupa em manter os seus valores, neste caso é a religião, e o estado ajudará aos indivíduos a preservarem essas ideias pondo em prática o conceito do bem comum.

Ambos os lados, Morlum e Trônia, possuem ideias nacionalistas e acreditam que fazem parte de algo superior a eles, ou seja, a sua própria comunidade.

Um forte abraço.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://earoonsagaa.forumeiros.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A primeira guerra Luno - Morista   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A primeira guerra Luno - Morista
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Teorias e Curiosidades - Felipe] #5 Primeira Guerra Mundial Ninja
» [História] A Primeira Guerra de Lodoss
» Percy Jackson e os Olimpianos - A Guerra de Ares
» Guerra de centavos: arremata, mas não recebe!
» [FanFic]A Guerra em Marineford (versão players do fórum. )

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
As sagas de Earoon :: Suporte do RPG :: Introdução ao planeta Earoon :: Histórias-
Ir para: